Depois de passar longos 8 anos comigo, minha chapinha resolveu pifar. Já que teria que comprar uma nova, aproveitei para trocar de secador também, pois o antigo já tinha o mesmo tempo da chapinha…8 anos, e, após algumas quedas, a parte de trás dele estava desmontando.

Os dois (prancha e secador) eram da Taiff e, por terem durado tanto, decidi que os novos também deveriam ser. Meu uso é doméstico, então não queria nada muito profissional e nem muito caro. Me apaixonei pelo secador Red Ion que, além de lindo, tem uma tecnologia de emissão de íons negativos.

image

image

Descrição:

A potência dele é de 1900 Watts, o cabo tem 1,8 metros, tem 4 temperaturas e 2 velocidades. Ele vem com botão de jato de ar frio e tem tecnologia que emite 67 milhões de íons negativos por cm³, que sela a cutícula dos fios por facilitar a penetração da água e reduzir a eletricidade estática, e, segundo a marca, resulta em fios hidratados e sem frizz. Segundo a descrição da caixa, ele é silencioso e leve.

image

Detalhes:

  • O primeiro botão é o jato de ar frio, mas para funcionar é preciso mantê-lo pressionado.
  • O segundo botão é a chave seletora de velocidade
  • O terceiro botão é a chave seletora de temperatura

imageimage image

Comprei na Pernambucanas e paguei R$ 199,90. O meu veio com esse bico direcionador (pelo que pesquisei  – o mesmo modelo – em outra loja, não são todos que têm esse bico… então se for comprar, vale dar uma olhada).

image

Minha Opinião: Estou gostando bastante desse secador, ele é menos barulhento que o meu antigo e também mais potente. Não percebi o efeito (dos íons negativos) de deixar os fios mais macios, mas aparentemente melhora de verdade o frizz. Um ponto ruim é que o fio não é tão grande, então acaba “te prendendo” à tomada, porque não dá pra ir muito longe enquanto está secando os cabelos.

Fiquei bem satisfeita com o produto! Em breve, farei resenha da prancha :)

Bjs! Obrigada pela leitura

Izabella



Na semana passada, fiz um post sobre o shampoo e o condicionador da linha Hair Remedy, e comentei que faria um post específico para falar da máscara reparadora.

Expliquei no primeiro post que não uso a máscara e o condicionador no mesmo dia, acho que ambos são bons e, pode ser falta de conhecimento da minha parte, mas sinto que ao usá-los juntos estou desperdiçando produto, afinal, funcionam muito bem ‘sozinhos’.

Quando quero uma hidratação mais potente, utilizo a máscara.

image

Segundo a marca: “A máscara age no córtex e repara até 80% dos danos na primeira aplicação (teste realizado para o produto Hair Remedy Máscara Reparadora em comparação com shampoo sem agentes condicionantes). Nutre intensamente e sela as cutículas, reduzindo a porosidade”

image

A máscara tem tecnologia 3D maxx injection, que combina óleo de patauá e biopolímeros e libera lentamente os ativos sobre a fibra capilar.

Modo de Usar: A marca recomenda aplicar nos cabelos após lavá-los com o shampoo Hair Remedy, massagear, deixar agir de 3 a 5 minutos e enxaguar. Use uma vez por semana ou quando necessário. (Essas informações constam na descrição da embalagem do kit de shampoo, condicionador e máscara).

Composição:

image

Alerta: Apesar de ser denominada como máscara reparadora, eu a considero uma máscara de hidratação. Estou prestando mais atenção aos rótulos e sempre atenta aos óleos minerais e petrolatos, isso porque tenho pesquisado sobre componentes (quero começar a fazer cronograma capilar) e aí descobri que, em geral, parafina/petrolato/vaselina/óleo mineral são amplamente utilizados na indústria cosmética porque têm baixo custo.

Qual o problema de usar esses componentes? Os óleos minerais e petrolatos não levam nenhum tipo de propriedade hidratante ou nutritiva à fibra capilar, eles apenas “maquiam” a aparência dos fios. A longo prazo, essas substâncias podem se acumular nos fios e até mesmo atrapalhar o crescimento. Usar de vez em quando, não faz mal, o problema é só usar produtos assim. Tenho prestado atenção aos rótulos e percebido que quase todos meus cremes têm essas substâncias.

Porém, no caso de Hair Remedy, existem outros componentes excelentes na formulação. Na minha opinião, se retirassem ou substituíssem “Paraffinum Liquidum” da composição, o produto seria perfeito.

Resultado:

Já comentei algumas vezes que meus cabelos estão ainda bastante danificados, então o resultado para mim foi ótimo… pode ser que você olhe as fotos e não ache os fios saudáveis, mas para mim estão muito melhores do que eram (eu fazia luzes a cada 3 meses, progressiva e muita exposição ao calor). A máscara Hair Remedy deixa meus fios bem mais sedosos, com mais brilho e realmente mais hidratados do que o normal. O perfume é delicioso, comentei no outro post sobre a linha, que me lembra o cheiro do Lily Essence de O Boticário.

image

Preço: Comprei o kit (com shampoo, máscara e condicionador) e paguei R$89,90.

Gosto muito da linha Hair Remedy, acho o preço justo e os produtos têm muita qualidade.

Bjs!

Izabella



Comprei a linha Hair Remedy da Cadiveu que vem com shampoo, condicionador e máscara reparadora. Segundo a marca, esses produtos reparam 80% de danos na primeira aplicação.

A tecnologia é exclusiva e combina óleo de patauá com biopolímeros. Os ativos são liberados lentamente, a ação reparadora age em todas as zonas da fibra capilar.

Testei os 3 produtos. Usei shampoo, máscara por 5 minutos pra hidratar/reparar e condicionador pra finalizar. Mas percebi que a máscara é bem potente, então resolvi usá-la somente 1 vez por semana. Minha opinião leiga é de que usar a máscara e o condicionador dessa linha no mesmo dia é desperdício de produto, porque ambos são muito bons, então no dia que faço a hidratação com a máscara, não uso o condicionador.

image

Hoje vou resenhar especificamente o shampoo e o condicionador. No próximo post sobre cabelos (semana que vem), mostro o resultado da hidratação com a máscara reparadora.

Shampoo

Tem aparência leitosa (meio cintilante), textura não muito grossa e limpa muito bem. Não resseca os fios e é MUITO cheiroso. Aliás, o aroma dessa linha me lembra um pouco o perfume Lily Essence de O Boticário:

image

image

Condicionador 

A marca diz que ele devolve nutrientes essenciais e promove maciez e brilho aos fios danificados e opacos. O que eu percebi usando? Meu cabelo parece absorver parte do produto quando aplico, os fios não ficam “molinhos”, pelo contrário, sinto que parecem mais encorpados e até mesmo um pouco mais fortes. O aroma é maravilhoso, assim como o de toda a linha.

image

A textura é mais espessa e “durinha” do que a dos condicionadores tradicionais

image

Componentes do Shampoo

imageComponentes do Condicionador

image

Minha Opinião

Meus cabelos são bem danificados porque eu fazia muitas luzes e era viciada em chapinha. Não faço luzes há mais de 1 ano (mas a cada 6 meses faço progressiva sem formol) e também diminuí o uso de chapinha. As pontas continuam complicadas mas não quero cortar, por isso invisto em tratamentos (da última vez que uma cabeleireira propôs tirar as pontas, ela cortou acima dos ombros rsrsrs).

Usei o shampoo e o condicionador e sequei os cabelos com secador, então fotografei a parte que costuma ser mais danificada para mostrar. Achei que os fios ficaram menos porosos e aparentemente mais fortes.

imageSei que meus fios não estão totalmente saudáveis, mas estou cuidando para que melhorem. Gostei muito dessa linha e como prometido no início do post, semana que vem farei a resenha da máscara reparadora.

Shampoo, condicionador e máscara custaram R$89,90.

Ah, vale dizer que a blogueira Camila Coelho é a garota propaganda da linha Hair Remedy.

Já testaram algum produto da marca?

Beijos! Izabella ;)